Viveiros de mudas com cabos de aço - JCL Cabos de Aço

Viveiros de mudas também utilizam os cabos JCL!

Cabos de aço podem dar mais sustentação para viveiros de mudas 

Os cabos de aço são cada vez mais utilizados em viveiros de mudas e estufas. O motivo é a segurança que oferecem e a capacidade de sustentação das coberturas.

Consideram-se viveiros de mudas,  os locais onde são produzidas, abrigadas e onde se desenvolvem todo tipo de planta. De acordo com a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), antes de serem construídos, é preciso observar alguns critérios técnicos de instalação, com o objetivo de obter um material botânico de qualidade para ser plantado em um local definitivo.

Os tipos de viveiros

Os viveiros podem ser permanentes ou temporários. Em geral, quando são construídos de forma permanente, com instalações maiores e melhor planejadas, são utilizados cabos de aço, especialmente na cobertura, por conta da segurança e da sustentação que os cabos podem oferecer.

Os temporários são destinados à produção de mudas apenas por um determinado período. Em geral, estão localizados próximos ao local de plantio, em áreas de difícil acesso e são usados materiais rústicos para sua construção.

A JCL está nas mais diferentes áreas da indústria e do mercado brasileiro. Na foto em destaque, está um viveiro de mudas que conta com uma cobertura sustentada por cabos de aço JCL. Para saber mais sobre os nossos cabos de aço, conheça nossos produtos no site. Aproveite para esclarecer dúvidas sobre o melhor tipo de cabo para o seu projeto.

Com relação à estrutura dos viveiros de mudas, existem diversos tipos. Tudo vai depender dos objetivos, das condições climáticas necessárias, do local onde será construído (declividade, solo, proteção do vento, água, dimensões, entre outros. Além disso, é importante legalizar o viveiro, de acordo com as normas brasileiras. Para saber mais, consulte o site da Embrapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *